23 de janeiro de 2014

O PROPÓSITO DE AMAR


Freqüentemente renovamos os propósitos com o início de um novo ano. O regime, a academia, o livro a ser lido e muitos outros motivos que povoam nossas conversas no início de 2014. Alguns, até com entusiasmo, prometem mais comunhão com Deus e com as pessoas, mas ao longo do ano vão esfriando-se. Todos outros propósitos acima são bons, porém serão inúteis se não tiverem o amor como foco majoritário. Nada se fará novo, no ano novo se o coração não se renovar. Só existe ano novo com uma vida nova. Por isso, neste ano, sugiro o propósito maior: peça a Deus um coração regenerado pelo seu amor e que lhe capacite a amar. De que forma? Comece orando e liberando perdão pela fé e deixe 2013 com o coração pacificado, em amor.
Perdoar significa abrir mão do "direito" de se sentir magoado. Perdoar é uma decisão que liberta o outro da nossa própria consciência. Perdoar é um remédio para a alma. Perdoar é uma ponte que construímos para um dia, também, passar por ela. Não leve o cheiro fétido das sementes de amargura para o ano seguinte. Em 2014, perdoe mais!
Amar é uma decisão corajosa; é muito mais que um sentimento. Amar é uma atitude daquele que imita os passos do Deus que se fez homem, encarnou-se, humilhou-se e se fez pecado por nós na cruz. Deus que abriu mão do direito de ser servido para servir. Amar significa a renúncia do eu, a morte do egoísmo. Significa, portanto, o desejo de dar sem requerer algo em troca. Deus, ao amar, deu seu único Filho. Quem ama oferece graciosamente sua decisão voluntária de servir, mesmo que não queira. Em 2014, ame mais!
Em 2014 priorize amar dois objetivos para os quais fomos criados: Deus e as pessoas. Tudo passará, porém o amor continua. No fim da vida, quem sabe no leito pré morte, apenas duas partes serão lembradas com fervor: Deus e as pessoas que aprendemos a amar.

A Trindade Santa já nos deu a lição:

1.  Deus no ensinou a amar enviando seu filho (1 Jo 4:19).
2.  Jesus nos ensinou a amar dando sua vida (Jo 13:34-35).
3.  O Espírito Santo nos ensina amar derramando o amor de Deus em nosso coração (Rm 5:5).
Quem ama a Deus, aprende a amar as pessoas. Única forma de Deus amar o meu próximo, é através de mim. Portanto, devo amar a família, os irmãos na fé e os incrédulos. Em 2014, faça seguidores dos passos do Mestre, Jesus Cristo, amando mais e melhor.


No amor de Jesus,  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A alegria de todo blogueiro é ver seus textos comentados, mesmo que criticados. Comente aqui!