20 de julho de 2013

Perdoe

“Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens”. Romanos 12:18

Não há caminho mais certo para a libertação das doenças da alma que o perdão. Frequentemente nos vemos envolvidos em algum tipo de conflito relacional. Somos surpreendidos pelas pessoas que amamos quando ouvimos palavras de amargura e raiva. Nossa alma se abate quando somos alvos de fofocas, falsidade e mentira. Quem jamais sofreu algum tipo de palavra dura e amarga ou algum tipo de prejuízo por parte de alguém? Todos passamos por situações assim. Por isso, não é possível viver pacificado sem perdoar essas pessoas, tal como Deus nos perdoou. Vale a pena liberá-las das lembranças amargas que acumulamos. Se possível, procure a pessoa e converse francamente. Ore por ela e perdoe-a pela fé! "Jesus não morreu apenas para pagar pelos meus pecados contra Deus e as outras pessoas, mas também para pagar pelos pecados dos outros contra mim". Craig Hill 

"Aquele que não perdoa, destrói a ponte por onde ele mesmo tem de passar" George Heberth (citado no livro Maravilhosa Graça, de Philip Yancei)

Tenha os seguintes princípios em mente, ao perdoar:
a - Perdão é mandamento e não opção. Não tenho escolha, senão perdoar como Cristo me perdoou! 
b - Não tem haver com sentimento, mas com obediência à Sua Palavra. É, antes, uma decisão por fé!
c- Desate as amarras do passado e caminhe livre das feridas relacionais. Como disse Dale Gallowey: "Deixe que seus sonhos e nãos os remorsos controlem sua vida!"

Se você entende que alguém precisa dessa pequena reflexão, compartilhe. ‪#‎perdoe‬

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A alegria de todo blogueiro é ver seus textos comentados, mesmo que criticados. Comente aqui!