8 de março de 2013

Reanime-se


”Portanto levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes” (Hb 12:12)

Não se torne mais uma vítima do esgotamento psicoemocional. Em Jesus somos fortalecidos (Fl 4:13) e Nele podemos descansar a nossa alma. Encontro muitas pessoas precisando de uma palavra como essa, de ânimo e encorajamento. Muitos de nós não temos muita paciência com as coisas. Vivemos numa sociedade extremamente imediatista e que gosta de resultados em curto prazo. Esperar cansa. Paciência e perseverança são as palavras dos nossos dias. Nunca precisamos tanto delas. Digo essas coisas porque vivemos num ambiente, mesmo o religioso, extremamente imediatista, que pressiona, exige, cobra e traz fardos pesados que não somos capazes de carregar. Não fomos ensinados a esperar, tampouco a perseverar; tal virtude pressupõe vencer o cansaço da alma, as frustrações geradas por expectativas projetadas e não alcançadas; enfim, enfrentar barreiras hipoteticamente intransponíveis e crer que há uma luz no fim do túnel. Perseverar, então, nos ajuda a transpor o esgotamento e alimenta a nossa fé em Jesus.

É exatamente sobre isso que o autor de Hebreus escreve. Ele acabara de falar sobre a definição, exemplos e aplicações da fé no capitulo 11. Agora nos encoraja a olhar para Jesus, Autor e Consumador da fé. Tal como os olhos de um atleta estão fitos na linha de chegada, a expectativa do cristão e sua fonte de ânimo estão na firmeza com que olha para Jesus. “olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus ...” Hb 12:2. Portanto, não desfaleça. Não desanime feito um atleta que olha para os obstáculos no caminho e não completa sua prova porque não visualizou o alvo. Tire os seus olhos das circunstâncias e firme-os em Jesus! Ele diz: ”Portanto levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes” (v. 12). As provações são passageiras e Jesus as suportou em grau maior para oferecer seu exemplo de perseverança. Ele foi até à morte na cruz, em obediência ao Pai. Cansou, mas não desistiu. Sofreu, mas não desanimou – mesmo sabendo que suportaria o mais algoz dos sacrifícios.
Reanime-se! Erga a cabeça, olhe para o mestre e não “desmaie” em meio às adversidades. Recobre suas forças, trabalhe na obra do Senhor com alegria, tenha paciência com as mudanças, não retire seus olhos do objetivo maior: JESUS CRISTO, autor e consumador da fé.

“Considerai... para que não vos canseis, desfalecendo em vossas almas” - (Hb 12:3)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A alegria de todo blogueiro é ver seus textos comentados, mesmo que criticados. Comente aqui!